Centrais vão levar propostas de proteção do emprego ao Ministério da Economia

34

As propostas das centrais sindicais passam por seis pontos, entre eles, a reorganização do sistema público de trabalho. As entidades também pedem proteção às micro e pequenas empresas, que precisam de capital de giro para pagar seus trabalhadores. De acordo com o sindicalista, é preciso elaborar linhas de crédito para a proteção do emprego.

“Cerca de 80% das empresas que procuram crédito não conseguiram porque os bancos mantiveram as mesmas regras de antes da crise. O crédito para o consumo também é importante e precisa ser resolvido. Nós queremos estabelecer um programa de retomada da economia sem deixar o mercado ser o responsável por isso. O Estado tem que investir em infraestrutura e construção civil, para ser um forte indutor da economia”, finalizou o sindicalista.

FONTE: REDE BRASIL ATUAL
FOTO: EBC