Bolsonaro é excluído, mas Nordeste participa da cúpula do clima na ONU

43

Encontro com 60 chefes de Estado começa neste sábado em Nova York e antecede a Assembleia Geral da organização

A região Nordeste vai representar o Brasil na Cúpula do Clima da Organização das Nações Unidas (ONU), que começa neste sábado (21) em Nova York (EUA).

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) foi excluído do encontro – que terá a presença de 60 chefes de Estado – porque seu governo não apresentou planos para aumentar os compromissos em favor do meio ambiente e contra o aquecimento global.

Por outro lado, a ONU decidiu abrir um espaço para debater as ações promovidas no Nordeste. Quem falará pela região será om governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB).

Segundo a assessoria do governador, ele apresentará, entre outras iniciativas, o trabalho desenvolvido na recuperação e ampliação das reservas de caatinga e Mata Atlântica.

A fala de Câmara está prevista para segunda-feira (23), mesmo dia em que discursarão os chefes de Estado, entre eles Emmanuel Macron (França), Boris Johnson (Inglaterra) e Angla Merkel (Alemanha).

Na última quarta-feira, Câmara encontrou-se com o vice-ministro de Economia e Energia da Alemanha, Thomas Bareiss, no Palácio do Campo das Princesas, sede do governo do estado.

No Twitter, o governador disse que os dois conversaram sobre proteção ao meio ambiente e o desenvolvimento sustentável.

“Ao contrário do que, infelizmente, vemos no Brasil, aqui em Pernambuco apostamos na convergência para avançarmos conjuntamente”, afirmou.

Programação

O evento da ONU será aberto neste sábado com a Cúpula da Juventude pelo Clima, impulsionada pelas grandes manifestações ocorridas na sexta-feira em todo o mundo e que tiveram a participação predominante de jovens.

No domingo (22), haverá um encontro de nove coalizões pelo clima, no qual serão apresentados os avanços do último período.

A plenária de segunda-feira é o evento principal. A Cúpula sobre a Ação Climática terá a presença de chefes de estado, representantes de governos e a apresentação de planos nacionais para a defesa do clima.

FONTE: BRASIL DE FATO
FOTO: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here