Brasil pode ter painel científico nacional para combate ao coronavírus

39

Grupo de especialistas visa discutir medidas, apoiar pesquisas e garantir acesso da população a informações precisas

A Câmara dos Deputados pode vir a estabelecer um painel permanente de especialistas para acompanhar as repercussões do coronavírus no Brasil. A proposta, do deputado federal Alexandre Padilha (PT), é reunir cientistas, médicos e profissionais da saúde brasileiros para debater de maneira técnica temas como tratamentos e respostas à pandemia. O ex-ministro da Saúde e médico apresentou a ideia à Comissão Externa do Coronavírus da Câmara, que precisa colocar o tema em votação.

:: Teich anuncia militar como braço direito e diz ter “plano de saída” para restrições ::

O painel contaria com a participação do Ministério da Saúde e um dos objetivos seria prestar apoio irrestrito à pesquisa científica no Brasil. Além disso, o grupo atuaria na construção de soluções para desburocratizar o acesso a informações. Diante dos números e da gravidade da covid-19, a disseminação de notícias falsas e a defesa de tratamentos ainda sem comprovação têm representando um grande problema. Segundo Padilha, garantir o acesso da população à informação científica e precisa seria um primeiro passo para combater essas práticas. 

“Este painel tem o papel de ouvir a ciência para as orientações terapêuticas e garantir o apoio de recursos e desburocratização para ampliarmos o acesso da população aos estudos e avaliação que estão sendo realizados”, afirma o deputado.

:: Opinião: Covid-19, os testes e o atraso do Brasil ::

Painéis compostos por pesquisadores, cientistas, médicos e outros especialistas já são realidade em diversas regiões do mundo e vêm cumprindo um papel essencial no aconselhamento aos governos e na diversidade de visões sobre a pandemia.

Há mais de um mês, a União Europeia conta com uma comissão formada por epidemiologistas e virologistas de diversos países do bloco. O grupo formula orientações cientificas e medidas coordenadas para gerenciamento de riscos.

:: STF proíbe propagandas do governo contra o isolamento social ::

No Japão, um painel de especialistas vem aconselhando o poder público por meio da elaboração de estudos sobre a velocidade das contaminações e as ações necessárias para conter a covid-19.

A própria Organização Mundial da Saúde (OMS) conta com um grupo de consultores, que realiza estudos em diversas áreas: desde a efetividade do uso de máscaras até à situação da pandemia no mundo todo. 

No Brasil, o Consórcio Nordeste reuniu uma comissão científica que auxilia os governos dos nove estados da região a elaborar as medidas contra a covid-19. Baseado em pesquisa, o grupo emite boletins e divulga orientações ao poder público e à população.

FONTE: BRASIL DE FATO
FOTO: Fusion Medical Animation/ Unsplash

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here