MANIFESTO DO MOVIMENTO NACIONAL EM DEFESA DAS RESIDÊNCIAS EM SAÚDE

40

Organizados como Movimento Nacional em Defesa das Residências em Saúde, manifestamos nossa indignação e nossa preocupação com a interrupção do funcionamento da Comissão Nacional de Residência Multiprofissional em Saúde (CNRMS), contrariando a legislação vigente e os princípios do Controle Social, comprometendo a formação em
serviço e, consequentemente, o cuidado integral à população usuária do Sistema Único de Saúde. O Movimento Nacional em Defesa das Residências em Saúde é organizado por coordenadores/as, tutores/as, preceptores/as, residentes e docentes, entre outros ativistas que defendem a Residência em Saúde como legítima e necessária modalidade de formação para profissionais e que, compondo a Política Nacional de Educação Permanente em Saúde, qualificam toda a rede de atenção. Neste momento de pandemia, ficou ainda mais evidente a importância do SUS e a necessidade de qualificação e valorização de trabalhadores do SUS, o que repercute no desenvolvimento do próprio sistema de saúde, para lidar com a complexidade das necessidades sanitárias da população brasileira, nos
diversos âmbitos de atenção. Assim, os mais de 2.300 programas de residência em saúde, distribuídos por todos os estados do Brasil, compostos por até 15 diferentes categorias profissionais, e capilarizados em todos os âmbitos da atenção e gestão do SUS, fazem a diferença na proteção e cuidado aos usuários e territórios de saúde.

Leia o manifesto na íntegra aqui