Oposição reúne assinaturas para CPI da covid; Brasil registra 1,2 mil mortes em 24h

39

Se for criada, Comissão Parlamentar de Inquérito vai investigar omissão do governo no combate ao coronavírus

Requerimento para instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigue as ações e omissões do governo federal no combate à covid-19 foi apresentado nesta quinta-feira (4) no Senado. No mesmo dia, o Brasil registrou 1.232 mortes por causa da doença.

No pedido de abertura da Comissão, o autor do texto, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), afirma que as medidas “erráticas do governo federal não podem mais passar incólumes ao devido controle do Poder Legislativo”.

Podcast: Mortes por covid aumentam no Brasil e vacinação continua cercada de incertezas

O documento reuniu assinatura de 30 senadores, acima do mínimo necessário de 27 apoiadores. A decisão final sobre a instalação ou não da CPI fica a cargo do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG).

Os senadores querem também apuração urgente sobre a conduta do governo em relação à escassez de oxigênio que atingiu o estado do Amazonas em janeiro.

O requerimento afirma que houve “grave omissão”, já que o Ministério da Saúde foi alertado sobre o problema antes da crise de abastecimento

Ainda segundo o pedido, o governo federal viola direitos fundamentais básicos à vida e à saúde de toda a população desde o início da pandemia. 

A falta de apoio a medidas de prevenção da propagação da covid e a politização da vacina são citadas como exemplos de má gestão a serem investigados.

Segundo dados divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Somente nesta quinta-feira (4), o Brasil confirmou 56.873 novos contaminações, o total de infectados desde que o vírus foi registrado pela primeira vez chega a quase 9,4 milhões. O coronavírus já causou a morte de 228.795 pessoas em  território nacional.

Saiba o que é o novo coronavírus

É uma vasta família de vírus que provocam enfermidades em humanos e também em animais. A Organização Mundial da Saúde (OMS) indica que tais vírus podem ocasionar, em humanos, infecções respiratórias como resfriados, entre eles a chamada “síndrome respiratória do Oriente Médio (MERS)”.

Também pode provocar afetações mais graves, como é o caso da Síndrome Respiratória Aguda Severa (SRAS). A covid-19, descoberta pela ciência mais recentemente, entre o final de 2019 e o início de 2020, é provocada pelo que se convencionou chamar de “novo coronavírus”. 

Como ajudar quem precisa?

A campanha “Vamos precisar de todo mundo” é uma ação de solidariedade articulada pela Frente Brasil Popular e pela Frente Povo Sem Medo. A plataforma foi criada para ajudar pessoas impactadas pela pandemia da covid-19. De acordo com os organizadores, o objetivo é dar visibilidade e fortalecer as iniciativas populares de cooperação.

FONTE: BRASIL DE FATO
FOTO: Marcos Oliveira/Agência Senado