SASEC pede afastamento imediato de servidoras grávidas que atuam no IJF e SMS

61

O Sindicato dos/das Assistentes do Ceará tem recebido denúncias de que profissionais grávidas, que atuam no Instituto Dr. José Frota e na Secretaria de Saúde do Município de Fortaleza, estão trabalhando normalmente; tanto a autarquia (IJF) quanto a Secretaria (SMS) descumprem recomendação expressa do Governo do Estado do Ceará em sua Nota Técnica n. 021 de 12 de janeiro de 2022, para que servidoras grávidas sejam imediatamente afastadas do trabalho presencial em razão do aumento de casos Covid-19 e de H3N2.

Diante disso, o SASEC encaminhou ofícios para a Secretaria de Saúde do Município de Fortaleza e para o IJF solicitando que as servidoras assistentes sociais sejam afastadas imediatamente, enquanto durar a pandemia, sem prejuízo de sua remuneração, ficando, a trabalhadora à disposição do empregador para exercer tarefas em domicílio, trabalho remoto, teletrabalho, home office ou outra forma de trabalho à distância.

“É inadmissível que após dois de anos de pandemia, milhares de mortes, um novo surto e as gestões ainda precisam ser acionadas pelo sindicato para seguir os protocolos de biossegurança e respeitar os trabalhadores”, destacou a Presidente do Sindicato, Ravenna Guimarães.

O Sindicato dos/das Assistentes do Ceará continuará monitorando o comportamento do Executivo Municipal perante às necessidades dos/as servidores/as ao executarem as atividades em prol da saúde da população.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here