SMS de Fortaleza nega liberação de servidora e Diretora do SASEC para atuar em prol da categoria!

78

O Sindicato dos (as) Assistentes Sociais do Estado do Ceará, através da sua assessoria jurídica, enviou ofício para a Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza, solicitando a liberação da Servidora do Município e Diretora do SASEC, Naylma Francisca Azevedo Maia.

A solicitação de liberação, apenas para Reuniões do Grupo de Trabalho de Reestruturação do Plano de Cargos Carreiras e Salários da Saúde (PCCS) da Prefeitura de Fortaleza, foi NEGADA!

A justificativa da SMS é que, neste momento da pandemia, é inviável que 1 (uma) servidora se afaste das suas funções. O SASEC esclarece, no entanto:

– O afastamento não seria total; apenas pontual, quando das reuniões, que, duram, muitas vezes, apenas um período;
– A servidora também é Diretora do SASEC; o que, dentro de suas prerrogativas, exerce função representativa de todos os assistentes sociais do Estado;
– O PCCS da saúde é luta dos servidores, inclusive, com vistas a MELHORIA da qualidade de vida e de saúde da população. Para tanto, é fundamental a participação dos servidores na reformulação do PCCS. O profissional de saúde precisa ser valorizado para exercer suas funções com dignidade.

Dito isso, é perceptível a falta de compreensão macro da gestão municipal acerca da importância dos (as) Assistentes Sociais, além, claro, da função de um sindicato e dos que fazem parte dele. Perdem todos, infelizmente!

#sasec #sasecnaluta

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here