Uma ‘reforma’ que te empurra para o abismo! Veja o novo ‘CFESS Manifesta’

38

Informativo traz posicionamento do Conselho Federal sobre a ‘nova previdência’

A última semana foi de uma triste notícia para a classe trabalhadora brasileira: o Congresso aprovou a “reforma” da previdência. Há muito tempo, o CFESS vinha alertado para as consequências nefastas dessa proposta para o/a trabalhador/a brasileiro, incluindo-se aí os/as assistentes sociais. Nesse sentido, o Conselho Federal lança hoje uma nova edição do informativo “CFESS Manifesta”, para explicar, de maneira nítida e objetiva, os impactos desta “reforma” para a população.

 

“Destacamos alguns pontos da contrarreforma: exigência de idade mínima para se aposentar, que, no caso das mulheres, aumentou a idade em fase idosa e desconsiderando suas duplas ou triplas jornadas, associando trabalho, tarefas do lar e cuidado de filhos/as; aumento de tempo de contribuição para os homens se aposentarem, também com idade em fase idosa; aumento do tempo de contribuição somada à idade mínima avançada para ter direito a aposentadoria com valor integral; redução no valor do cálculo do salário benefício, redução no valor de aposentadoria por incapacidade, se não for caracterizado acidente de trabalho, doença profissional ou no trabalho e pedágio de 50% a 100% sobre o tempo de contribuição faltante para a aposentadoria.”, diz trecho do informativo.

Além disso, o texto também destaca que “algumas das medidas instituídas com essa contrarreforma da previdência ferem de imediato a composição de renda das famílias brasileiras, como a questão do aumento das alíquotas de contribuições dos/as trabalhadores/as e aos já filiados à previdência social exigência de cotas familiares para valores de pensão por morte”.

Acesse aqui o informativo e fique por dentro do debate

FONTE: CFESS
FOTO: REPRODUÇÃO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here