MA: agricultores familiares perdem acesso ao Bolsa Família

58

Em Santa Rita (MA) quase 2 mil famílias foram cortadas do programa

O número de pessoas vivendo na extrema pobreza no país cresceu cerca de 30% nos últimos cinco anos, mas os recursos do orçamento destinados ao Programa Bolsa Família são menores do que os do ano passado. Em 2020, o governo de Jair Bolsonaro (sem partido) destinou R$ 29, 5 bilhões ao programa. No ano passado foram R$ 32,5 bilhões.

A redução dos recursos do programa afeta fortemente agricultores familiares de diversos estados brasileiros. De acordo com reportagem do Globo Rural deste domingo (1º), nos últimos meses muitas famílias foram cortadas do programa sem sequer saber o motivo.

O município de Santa Rita, no norte do Maranhão, foi o que teve o maior número de cancelamentos de famílias no Bolsa Família em todo o estado – foram 1.908, segundo a Prefeitura.

A maioria pelo mesmo motivo: para averiguação, ou seja, para análise a fim de saber se a família atende aos requisitos para participar do programa.

“No Maranhão, quem perdeu o benefício vive uma espera angustiante para tê-lo de volta. A dona Antônia cuida da casa com o marido e mais 5 filhos. Eles recebiam R$ 580 do Bolsa Família, mas o benefício foi cancelado em maio. Esta é uma das mais de 56.600 famílias que deixaram de ter o recurso no ano passado”, diz a reportagem.

FONTE: CUT
FOTO: REPRODUÇÃO/GOVERNO DO PIAUÍ

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here